13 / julho / 2024 - 12:12 am

Lula critica taxa de juros e não descarta disputar reeleição em 2026

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou a decisão do Copom de manter a taxa de juros a 13,75% pela quinta vez seguida. 

A declaração foi feita ao jornalista Kennedy Alencar, no programa “É Notícia”, da RedeTV! nesta quinta-feira (2).

Presidente Lula Foto: Marcelo Camargo-Agência Brasil 

Lula critica taxa de juros e não descarta disputar reeleição em 2026

”O Brasil precisa voltar a crescer. Não existe nenhuma razão para a taxa de juros estar em 13,75%.“, afirmou o presidente

O presidente também afirmou que irá cobrar o Banco Central e chamou a independência da instituição de “bobagem”.

Lula argumenta que tinha uma boa relação com Henrique Meirelles, presidente do BC nos seus dois mandatos anteriores, que “teve toda a autonomia para fazer a política monetária que ele quis fazer”.

”O que acontece é que a gente conversava. Esse país está dando certo? Esse país está crescendo? O povo está melhorando de vida? Não. Então, eu quero saber de que serviu a independência. Eu vou esperar esse cidadão [Roberto Campos Neto, presidente do BC] terminar o mandato dele para a gente fazer uma avaliação do que significou o Banco Central independente.”, acrescetou.

Reeleição

Ainda nao entrevista, Lula disse que pode disputar a reeleição para a Presidência da República em 2026.

”Se chegar no momento, sabe, e estiver uma situação delicada e eu estiver com saúde…porque também só posso ser candidato se eu estiver com saúde perfeita, sabe? Mas saúde perfeita com oitenta e pouco, 81 de idade, energia de 40 e tesão de 30. Pronto, aí eu posso [ser candidato].”.

Bolsonaro

Lula disse que o ex-presidente Jair Bolsonaro preparou e teve participação nos atos golpistas de 8 de janeiro.

”Esse cidadão preparou um golpe. Hoje eu tenho consciência, vou dizer aqui em alto e bom som: esse cidadão preparou um golpe. Eles queriam fazer aquela bagunça no dia 1º de janeiro, mas perceberam que não dava porque tinha muita polícia e muita gente na rua.”, afirmou.

Questionado se Bolsonaro deve ser punido por diferentes atitudes ao longo do governo, Lula afirmou que sim.

”Não sei se a pena dele [se] vai ficar inelegível ou não, mas ele cometeu crime, na minha opinião, e ele tem que ser julgado em algum momento por genocídio contra a população, vítimas da covid e pelo que aconteceu com os yanomamis.”

Fonte: Meio Norte

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui